Voni's View

Nossa visão depende de onde estamos em pé

E Agora, meu Deus?

Hoje à noite estou olhando para  fora da janela para o céu como o sol desaparece por trás do horizonte, e a escuridão se arrasta desde o oeste, enchendo a bacia do céu lá em cima

storm destroying a house

Estou quieto, e me lembrando a angústia emocional, a minha confusão e desespero pela uma vida normal!

Maio 1987 Uma semana depois da vida que eu conhecia terminou.

Eu estou em pé nosso quarto “master”. Meu marido … (Minha mente me lembra eu devo parar de chamá-lo assim. Eu e ele ainda estamos legalmente casados, mas o casamento acabou. É hora de encarar a realidade) … ok .. meu ex-marido partiu para os EUA há três dias, por causa do pedido do nosso conselho missão.

Agora, está a noite. Minha filha mais nova está dormindo no quarto dela na mesmo corridor do meu, mas o resto da casa está vazia de vida.

Meu corpo e mente estão cansados enquanto estou olhando para o quarto.

A minha vista do quarto de onde eu estou de pé provoca uma angústia profunda.

Na minha frente está a cama king: o colchão de espuma dela nós trouxemos pelo o navio quando nos mudamos para o Brasil há 20 anos, e ela nos acompanhou em cada mudança desde que estamos no Brasil. Ele já  fcou numa grande variedade de quartos durante os anos; até em um apartamento em que moravamos, não conseguimos fazer a cama enquadrar-se na escada estreita, então apenas o colchão subiu e estava no chão sem um estrado. (Eu sorri, lembrando como eu tive que ficar de joelhos para arrumar a cama no chão.)

Nos dois lados da cama são prateleiras de vime,  cheias de livros e papéis e as lâmpadas da noite para ler na cama – o que eu amo fazer! Há uma cadeira confortável no canto, ao lado da porta holandesa para a passarela lá fora. (Porta holandês – outra palavra para o google?)

Alguns tapetes velhos espalhados no piso de cerâmica rústica.
Um quarto que era um refúgio para mim. Agora, ele está zombando de mim com as memórias.

Eu estou olhando para a pilha de objetos que meu ex-marido deixou em suas prateleiras. É melhor eu começar a seperar e empacotar as suas coisas. Eu tenho que começar em algum lugar. .. Mas acho que vou ouvir alguns sermões do meu pastor nos EUA, enquanto eu trabalhor. Talvez isto ajudará de guarder minha mente de andar nestes mesmos círulos sem fim, tentando fugir deste armadilha.

Eu encontrei as fitas, estalou uma  para o tocador de fitas, e começei tentar colocar os ítens em ordem..

Ouvindo Pr. Ted Roberts ensinar sobre Moisés, minhas mãos e mente estavam ocupados, e eu estava realizando algo.  Consegui encher duas caixas com ítens para meu “ex-marido” Mas Senhor, eu NÃO quero que ele seja meu ex-marido!  Eu  quero meu lar, a  minha vida!

Estava cansada, e ainda faltava o armário.

Tenho que prestar mais atenção desta fita.  Minha mente está começando se rodiar em círculos de novo. Inesperadamente, ouvi a palavra “perdão” aplicada de uma maneira que eu nunca tinha pensado. Eu parei para escutar; em seguida, com lágrimas escorrendo pelo meu rosto, eu estendei minha mão, tateando alcançar o tocador e desligei a fita. Chorando incontrolavelmente, eu caí de joelhos em cima de um dos antigos tapetes ao lado da cama; coloqei minha cabeça em meus braços em cima daquele antigo colchão coberto com uma colcha, e começei a clamar à Deus.

Empacotando podia esperar. Eu tive trabalho  muitoe mais importante a fazer como eu comecei por este caminho do perdão, lições que mudariam para sempre a minha vida.

Próximo post: Como faço para perdoar – quando eu não quero ??? E por que eu deveria? Que vantagem é que dá para mim?

—————————-
Hi!  Estarei continuando esta história minha, colocando posts 2 ou 3 vezes por semana.
E mais outros assuntos também.
A minha sugestão? Verifique em baixo a receber os posts no seu email.  Assim, os receberam automaticamente.  Mais fácil para todos de nós.

Esperando encontrar de novo logo aí.    Abraços grandes, Voni P.

About Voni Pottle

Deixe uma resposta